Juazeiro/BA, 24 de novembro de 2020


Covid-19

Usuários do Restaurante Popular aprovam medidas de prevenção do Coronavírus adotadas pela Prefeitura de Juazeiro

ASCOM em 18/mar/2020

Raphael Leal/Ascom

Após a publicação do Decreto Municipal N° 242/2020, em que o prefeito Paulo Bomfim determina algumas mudanças na área social de Juazeiro para contenção da expansão do coronavírus e também de prevenção ao H1N1, os Restaurantes Populares, que ficam sob responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) (Centro e João Paulo II), são os equipamentos de maior fluxo de pessoas, chegando às sextas-feiras servir mais de 800 refeições.

No primeiro dia de funcionamento em que foram servidas marmitas para que os salões de alimentação não aglomerem pessoas, a população acatou as medidas tomadas pela Prefeitura de Juazeiro para reduzir os efeitos da pandemia.

De acordo com a gerência de Segurança Alimentar, as pessoas não reclamaram das novas medidas tomadas e compreendem o momento. “Para o primeiro dia foi tranquilo, seguimos a orientação da secretária e do prefeito Paulo Bomfim. Nosso fluxo continuou normal. As pessoas compram a ficha, direcionamos para a outra porta e entregamos a marmita com a colher e/ou garfo descartáveis. Evitar o aglomerado de pessoas, de acordo com os especialistas, é uma das formas de evitar contrair H1N1 e o Coronavírus, além da higiene pessoal e coletiva. Os restaurantes populares continuarão a atender à população juazeirense, assim como foi determinado”, declarou Carlos Mário Santana.

Lucília Aparecida que é atendente de farmácia na UBS do João Paulo II costuma almoçar toda semana no RP do bairro e aprovou o decreto do prefeito Paulo Bomfim. “Achei que foi uma decisão correta, pois é um modo de proteger a população”. O comerciário Bruno de Almeida Cunha também achou uma decisão sensata. “Almoço aqui umas duas vezes por semana e acho que é uma medida ótima, porque evita o contato direto e diminui a capacidade do vírus se espalhar e contagiar pessoas”, finaliza.

A superintendente de Políticas Públicas Sociais, Maria Gorete Castro, relembra que as medidas determinadas pelo Prefeito Paulo Bomfim foram para proteger a população e os servidores. “Este caso mundial é muito preocupante e não poderíamos fechar os equipamentos sem dar encaminhamentos para que o povo de Juazeiro continuasse a ser assistido. Hoje, servimos 340 marmitas no RP do Centro e 256 no João Paulo II. E enquanto for necessário, a gestão estará á disposição para servir”, assegura.

Os agendamentos da Casa do Bolsa Família deverão ser remarcados ou suspensos, podendo ser substituído por visita domiciliar nos casos de usuários dos Benefícios de Prestação Continuada (BPC). O serviço de alimentação do Restaurante Popular também passará por alterações e será oferecido por meio de quentinhas e uso de talheres descartáveis, com o intuito de evitar aglomerações.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro