Juazeiro/BA, 29 de setembro de 2020


Covid-19

Titular da ADEAP participa do lançamento do projeto Semiárido Produtivo em Juazeiro

ASCOM em 12/dez/2017

Lene Radina/ASCOM ADEAP

O secretário de Desenvolvimento Econômico Agricultura e Pecuária, Tiano Felix participou nesta terça-feira (12), no Grande Hotel em Juazeiro, do lançamento do projeto Semiárido Produtivo que visa fortalecer a inclusão produtiva de agricultores familiares nos estados Bahia, Alagoas, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

O projeto que é uma realização do Instituto Regional da Pequena Agropecuária (IRPAA) e tem o apoio financeiro do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), terá duração de três anos. “O objetivo principal do ‘Semiárido Produtivo’ é consolidar sistemas de produção que contribuam para a permanência digna das famílias no campo, a geração de trabalho participativo e geração de renda na região semiárida brasileira” destacou o presidente do IRPAA, Haroldo Schitek.

Durante o projeto, estão previstas atividades de assessoria técnica às famílias beneficiadas, incluindo a realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR), além de formações (com ênfase em jovens e mulheres), ações de estruturação individuais e de grupos produtivos organizados. Ao todo serão 400 famílias beneficiadas pelo projeto, em 63 comunidades distribuídas em 27 municípios dos 05 estados do semiárido, onde o projeto atuará. O projeto também visa melhorar a produção agropecuária, o fortalecimento dos sistemas produtivos, a disseminação da ideia de convivência com o semiárido e a contribuição para a segurança alimentar das famílias dessa região.

De acordo com a chefe de departamento do BNDES, Daniela Arantes Alves Lima, o banco já teve experiências de sucesso na construção de mais de 20 mil cisternas em parceria com a ASA e agora vem coroar a atuação junto com o terceiro setor. “É um importante passo para a política de financiamento que vai apoiar sistemas de produção familiar de base sustentável, bem como empreendimentos coletivos, considerando, sobretudo, as técnicas e alternativas de convivência com o semiárido”, frisou.

Para o presidente da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) Neidson Batista, o projeto é uma oportunidade que o semiárido tem em superar dificuldades. “O nosso sonho é que nos próximos anos o projeto tenha avançado consideravelmente, junto a uma construção coletiva entre as famílias dos agricultores, instituições envolvidas e sociedade em geral. Com o apoio de todos acredito que o projeto será um sucesso”, disse.

Na ocasião o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Tiano Felix, falou do prazer em presenciar esse grande momento. “Estou aqui em nome do prefeito Paulo Bomfim parabenizando a todos envolvidos por essa grande iniciativa. É a certeza que cada passo nesses vinte anos, contribuiu com a melhoria da vida da população semiárida. A convivência é possível sim, pois somos providos de cultura, educação, tecnologia e acredito que esse projeto é um marco para o desenvolvimento do Nordeste”, afirmou.

O evento também contou com a presença de representantes da UNIVASF, CAR, EMBRAPA, INSA, MPA, movimentos sociais, dentre outros.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro