Juazeiro/BA, 26 de novembro de 2020


Covid-19

SEDES reforça a importância das denúncias de violência contra a mulher durante o período de quarentena em Juazeiro

ASCOM em 30/abr/2020

Mayane Santos – Ascom PMJ

Na atual conjuntura de prevenção e combate à Covid-19, alguns serviços essenciais estão mantidos e um deles é o de atendimento à mulher em situação de violência. Dessa forma a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), reforça a importância da denúncia destes casos e a permanência das atividades referentes à proteção das mulheres no município. Vítimas, familiares e quaisquer pessoas que presenciem ou estejam cientes destes casos podem denunciar através dos canais de atendimento.

Mulheres em situação de violência, que necessitem realizar a denúncia, podem ligar para a Central de Atendimento através do 180 ou para Polícia Militar pelo 190, a qualquer momento. Além destes, podem entrar em contato com os órgãos de proteção presentes no município, como a Delegacia da Mulher, das 8h às 17h; o Centro Integrado de Atendimento à Mulher (Ciam) e a própria SEDES, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. Embora alguns atendimentos presenciais estejam limitados, como medida de prevenção ao contágio da Covid-19, a Vara da Justiça pela Paz em Casa, por exemplo, está oferecendo serviços de teleatendimento.

De acordo com a diretora de Mulheres no município, Quitéria Lima, desde o início da quarentena, as notificações de casos de violência contra a mulher diminuíram, no entanto, os de denúncia através do 180 aumentaram. “As mulheres estão convivendo muito mais tempo com o provável agressor. No último fim de semana, por exemplo, ocorreu um feminicídio em Juazeiro e sabemos que a tendência é aumentar. Nossa preocupação é com a saúde dessa mulher, por isso reforçamos a importância da denúncia”, afirma Quitéria.

Além disso, Quitéria reforça que as denúncias podem ser realizadas não somente pelas vítimas, mas por familiares, amigos, vizinhos ou quaisquer pessoas que percebam a existência de violências contra essa mulher. “Estamos em um momento de cuidado uns com os outros para passarmos por essa pandemia, por isso estar atento aos sinais que ela passa e ter a atitude de sempre perguntar como ela está e se está precisando de algo, já é de grande ajuda”, explica.

Os demais órgãos de proteção no município também continuam funcionando, como a Pastoral da Mulher, que atende mulheres em situação de prostituição em vulnerabilidade social. Os trabalhos da Ronda Maria da Penha, para garantia das medidas restritivas em favor das vítimas, se mantêm em funcionamento e podem ser contactados em caso de quebra dessas meninas pelo agressor.

Lista de contatos para denúncia:

 

DEAM: 3613-8310

Vara da Justiça pela Paz em Casa: 3614-7142

SEDES: 3612-3050

CIAM: 3614-2028

Ronda Maria da Penha: 3614-2856

Central de Atendimento à Mulher: 180

Polícia Militar: 190

Polícia Civil: 197

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro