Juazeiro/BA, 21 de setembro de 2020


Covid-19

Saída de cubanos prejudicou saúde de Juazeiro

ASCOM em 04/dez/2018

Ascom/PMJ

Após a saída dos médicos cubanos do Brasil, cerca de 1.500 cidades sofreram desfalque no atendimento à população na Atenção Básica em saúde. Juazeiro também sente as consequências dos problemas diplomáticos, causados pelas declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro e a reação de Cuba que chamou de volta os profissionais que atuavam do programa ‘Mais Médicos’.

Em Juazeiro, apenas um cubano atuava na rede. Porém, seis médicos migraram no novo edital do programa federal e deixaram o Programa de Saúde da Família.

A secretária de Saúde Fabíola Ribeiro, explica as dificuldades: “Ainda temos uma carência de médicos para atender toda a nossa demanda. Praticamente triplicamos o número de profissionais contratados nos últimos anos, mas nos últimos processos seletivos não temos conseguido preencher todas as vagas”.

A SESAU planeja medidas para tentar suprir as carências. “Não será fácil, mas estamos procurando caminhos para não desassistir nossa população. Faremos contratações emergenciais até que tenhamos o novo concurso, programado para o primeiro semestre de 2019”, afirmou a secretária.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro