Juazeiro/BA, 23 de outubro de 2020


Covid-19

SAAE homenageia Catadores de Materiais Recicláveis pela passagem do seu dia

ASCOM em 07/jun/2018

Antônio Pedro/SAAE

A direção do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro homenageou nessa quinta feira (7) com um café da manhã todos os integrantes da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis – COOPERFITZ  pela passagem do dia dedicado a estes guerreiros que, no dia a dia, contribuem para um ambiente mais limpo.

Responsáveis pela coleta de 20% de todo resíduo urbano descartado no Brasil, segundo dados do IBGE, os catadores e catadoras de materiais recicláveis se tornaram essenciais para a sustentabilidade sócio ambiental do país, contribuindo substancialmente na preservação e manutenção do planeta.

Em Juazeiro a COOPERFITZ coletava em média 15 toneladas de materiais recicláveis/mês e, após a parceria realizada com o SAAE passou a coletar 45 toneladas/mês. Para o diretor do SAAE Joaquim Neto, apesar de a atividade de catador ser secular, no Brasil é considerado um processo recente. “Um trabalho importante que vem se estruturando no país pela contribuição que dá ao meio ambiente e em Juazeiro não é diferente. Estamos dando passos largos nessa estruturação, colocando todas as equipes do SAAE à disposição da cooperativa para que, dentro das possibilidades irmos superando as dificuldades. Já visualizamos avanços nessa parceria e agora é seguir em frente com o esforço de cada um para que possamos sonhar todos juntos”, resumiu Joaquim.

Maria de Fátima da Conceição, que passou 12 anos da sua vida dentro do antigo lixão de Juazeiro, festeja as conquistas afirmando que hoje os catadores vivem outra realidade. “Antes a gente vivia disputando lixo com os urubus, naquela situação horrível que era o lixão. Agora estamos instalados na cooperativa com  melhores condições de vida e melhoramos muito a renda familiar. O apoio do SAAE está sendo muito importante nessa transformação que estamos vivendo”, reforçou Fátima.

Desempregados há mais de um ano Josias Cândido e Leurijane Santana, viram na cooperativa uma oportunidade de ganhar um dinheiro digno e ajudar nas despesas de casa. “Quando soubemos que a cooperativa estava  abrindo novas vagas não pensamos duas vezes. Já estamos colhendo o fruto do nosso trabalho e só temos a agradecer por essa oportunidade”, pontuou Josias.

Foi no dia 07 de junho de 2001 que três mil pessoas tomaram as ruas a Esplanada dos Ministérios em Brasília reivindicando os direitos dos catadores de materiais recicláveis.

Foi na rua, fazendo barulho, que o Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) surgiu cravando com luta a semente de um novo mundo mais justo e sustentável. A todos os catadores, o desejo de que continuem com esse trabalho digno, aprendendo e ensinando como cuidar bem do meio ambiente.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro