Juazeiro/BA, 21 de setembro de 2020


Covid-19

Projeto ‘O valente não é violento’ encerra programação dos 21 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

ASCOM em 10/dez/2018

Por Fabiana Diniz/SEDES

Dentro da programação dos 21 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a mulher foi realizada nesta segunda-feira (10), no auditório do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM) a culminância do projeto ‘O Valente não é Violento’. Uma parceria da ONU Mulheres com a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia e apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), o projeto foi realizado em 6 escolas estaduais do município promovendo a igualdade de gênero e o fim da violência contra mulheres e meninas

O objetivo principal foi contribuir com a reflexão e superação da cultura machista por meio de planos de aula que contemplassem questões como sexo, gênero e poder, estereótipos de gênero e esporte, raça, etnia e mídia, careiras e profissões, além de vulnerabilidade e prevenção. Para a representante da ONU Mulheres, Carolina Ferracine, o trabalho realizado através do projeto “é um trabalho de coragem e fundamental para as escolas, pois vai até a raiz do problema. Agradeço às autoridades de Juazeiro por aceitarem fazer parte deste projeto que ainda é piloto. Daqui certamente vamos possibilitar um efeito exponencial dessas ações”, destacou.

As oficinas realizadas através do projeto trabalharam conteúdos visando repensar as concepções, atitudes e comportamentos machistas, estimulando a igualdade de gênero. Para a representante da Ronda Maria da Penha, Eliane Gonçalves, é fundamental que este tema seja trabalhado com os jovens ainda na escola. “Muitas vezes não conseguimos no dia a dia identificar situações de violência, mas na escola, por ser um espaço de acolher fica mais fácil. Por isso, parabenizo a todos os envolvidos e à gestão municipal por ter abraçado este projeto”, afirmou.

Para a secretária Cida Gama a realização do projeto no município foi mais uma importante ação para fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. “A questão da violência precisa sair da normalidade e para isso é fundamental tratar do assunto na base. Nossa Rede se mostra cada vez mais forte e estamos gratos por sermos pilotos neste projeto”, disse.

Além de Juazeiro, a cidade de Camaçari também participou do projeto piloto. Para a secretária da SPM, a escolha da data para a finalização do projeto foi significativa por ser também o encerramento dos 21 Dias de Ativismo e aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ela destacou os resultados já obtidos com o projeto.

“A opção por Juazeiro foi muito importante e já podemos comemorar duas importantes vitórias: a possibilidade de ampliar o projeto para as escolas municipais e poder promover a integração entre educadores e rede de enfrentamento à violência. Nosso estado ainda tem índices alarmantes que acabam se tornando cotidiano, mas não podemos banalizar a violência. Com este projeto discutimos gênero nas escolas e possibilitamos uma abordagem curricular que certamente contribuiu com o trabalho do professor”, Julieta Palmeira.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro