Profissionais e representantes de instituições da saúde de Juazeiro se reúnem para diálogo sobre coronavírus 

Débora Sousa/SESAU

Nesta segunda-feira, 02, profissionais da área da saúde e representantes de instituições hospitalares e de gestão se reuniram no Núcleo Regional de Saúde da Região Norte em Juazeiro para diálogo e repasse de informações acerca do novo coronavírus. O momento foi idealizado entre os órgãos e instituições de saúde pública junto a representantes da rede privada no Vale do São Francisco.

De acordo com a nota técnica elaborada pela Vigilância Epidemiológica Municipal, as definições para análise foram descritas da seguinte maneira para o coronavírus (COVID 19): Caso Provável – aquele que apresenta resultado não conclusivo para a doença COVID 19 ou teste positivo em ensaio de pan-coronavírus; Caso Confirmado – aquele com resultado de laboratório positivo para a doença, independente de sinais e sintomas; Caso Descartado – com resultado de laboratório negativo ou confirmação laboratorial para outra doença e Caso Excluído – aquele caso descartado.

No primeiro momento, se houver notificação de algum caso em Juazeiro, a unidade que realizar o atendimento deve comunicar imediatamente à Vigilância Epidemiológica Municipal de segunda a sexta-feira. Nos finais de semana e feriados o contato é o fornecido na rede de atendimento 24h – 3612 3781ou 74 9 9198 3057.

Para a Superintendente da Vigilância em Saúde, Tatiane Malta, o momento é de cuidados e atenção à saúde. “Não temos nenhum caso suspeito em Juazeiro ou Petrolina, mas é preciso unir forças e traçarmos medidas de prevenção para nossos profissionais e também para nossa população. As duas cidades são pólo da fruticultura irrigada, grande dispensação de frutas por via terrestre e aérea. Contamos com a presença de muitos turistas e precisamos ter equipes prontas e atentas às situações”, explicou.

A superintendente ressalta ainda que não há motivo para pânico. “Não estamos alarmando, estamos prevenindo. O COVID 19 está sendo analisado e o Ministério da saúde e Vigilância Sanitária estão trabalhando com informações diárias para tranquilizar as pessoas. Até o momento somente dois casos foram confirmados  aqui no Brasil em pacientes  que estiveram nas cidades onde estão surgindo os novos casos e tiveram contato com pacientes já infectados, por isso, não há necessidade de pânico”, enfatizou Tatiane Malta.

Cuidados que devem ser adotados para prevenção de qualquer infecção estão ligadas as boas práticas de higiene pessoal: lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos ou higienizar com álcool gel; evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo a pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e fazer o descarte; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Para o médico e coordenador do Núcleo Regional de Saúde da região Norte, Pedro Alcântara, a informação é a melhor estratégia a se montar. “Estamos em parceria com o Ministério da Saúde, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, uma vez que o pólo Juazeiro e Petrolina é de uma importância fundamental, sendo porta de entrada por rodovias e aeroporto. Juntos com representantes do Núcleo Norte de Saúde, Secretaria da Saúde de Juazeiro, Hospital Regional de Juazeiro, Hospital Unimed estamos tomando os devidos cuidados”, pontuou.

Alcântara ainda ressaltou ainda a importância da população não acreditar em notícias que não sejam divulgadas pelo Ministério da Saúde, Secretaria de Saúde do Estado e também pelas secretarias municipais. “Precisamos munir de informações verídicas e não de fake news, como já estão circulando”, descreveu.

 

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo