Profissionais da saúde de Juazeiro participam de ações no mês de prevenção ao suicídio

Débora Sousa/SESAU

Foi realizada nesta terça-feira (11), no auditório da Escola de Gestão Pública de Juazeiro (EGESP) a primeira ação voltada à prevenção ao suicídio organizado pela Secretaria Municipal da Saúde em parceira com a EGESP. As ações estão pautadas na organização estrutural e emocional dos profissionais da rede municipal.

Profissionais das mais diversas secretarias do município participaram de uma roda de conversa com a psicóloga Alecrides Marques onde foi possível perceber a necessidade da busca pelo conhecimento, além de relatos de pessoas que já tentaram o suicídio, outros que presenciaram o ato ou quem conhece alguém que já tirou a própria vida.

A técnica de enfermagem Antoniela dos Santos Ferreira relata que já passou por momentos de descrença e “o tema me chamou muito a atenção. Não pensei duas vezes em vir para aprender a salvar outras pessoas. Tive um momento de fraqueza na adolescência e tentei me suicidar, mas consegui ajuda e hoje trabalho na área de saúde. Frequentemente nas unidades de saúde recebemos pacientes que tentaram tirar a própria vida. Hoje eu atuo salvando vidas, porque é o nosso bem maior”, pontuou.

Representando o SAAE o Técnico de Segurança do Trabalho Josivaldo Nunes Barbosa falou da experiência exitosa de participar da palestra “é um momento único ofertado pela gestão municipal neste momento em que vemos o desrespeito com a vida onde tudo é motivo para ceifá-la, estamos aqui para aprendermos a lidar e reconhecer quando uma pessoa pede ajuda, saio daqui convicto em estar mais capacitado a ajudar o próximo quando identificar nele um possível alarme” pontuou.

Para a Psicóloga do Núcleo de Segurança da Saúde do Trabalhador (NUSSAT) Karintia Abrantes o momento de unir todas as secretarias é para buscar informar o maior número de pessoas. “O objetivo é assegurar aos nossos profissionais o conhecimento, o acesso a informação e acima de tudo trabalhar um tema amplo e que pode chegar a diferentes espaços de nossos serviços e não somente na rede de saúde. Por isso a EGESP se preocupou em ampliar a todos este momento”, esclareceu.

Para a palestrantes Alecrides Marques é importante falar sobre o suicídio, pois “através do diálogo, de um abraço, de um sorriso podemos salvar muitas pessoas. Devemos lidar com os mais diversos sentimentos não deixando que a primeira angústia domine colocando nossa via em risco. Os profissionais que estão participando desse encontro são quem, diariamente, recebem as demandas da população e com um olhar capacitado poderão identificar e ajudar imediatamente”, finalizou.

Dentro da programação serão contemplados ainda os agentes de endemias e os agentes comunitários de saúde. “Pensamos neste público porque eles convivem mais de perto com a população. São esses profissionais a porta de entrada para se ter ajuda que o paciente necessita e através deles podemos prevenir inúmeras tragédias. É o momento de unirmos forças e lutarmos por mais vida”, concluiu Jussara Rêgo Gerente de Humanização da Secretaria Municipal da Saúde de Juazeiro-BA.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo