SAÚDE

Prefeitura de Juazeiro capacita profissionais de saúde para acolhimento mais humanizado nas unidades de saúde

Começou nesta terça-feira (27), a capacitação em acolhimento com classificação de risco, promovido pela Prefeitura de Juazeiro para enfermeiros, médicos e  técnicos de enfermagem que atuam na Atenção Básica do município, que tem 54 unidades de saúde, na sede e no interior.

A meta é alcançar cerca de 90% dos servidores que atuam na Atenção Básica de Juazeiro. “É uma oportunidade de termos um momento com os profissionais que estão nas equipes da Atenção Básica, para uma troca de conhecimento e de saberes, trazendo atualizações para todos e escutá-los, estando mais próximos de quem faz o atendimento direto à população”, explicou a superintendente da Atenção Básica de Juazeiro, Marília Andrada.

Essa primeira parte da capacitação acontecerá nesta terça e quarta-feira (28). A segunda etapa acontecerá em maio. Para a técnica em enfermagem Iraildes Silva Oliveira, que trabalha na UBS de Pinhões, servidora da saúde há 18 anos, a capacitação é necessária para os profissionais.

É preciso que a gente esteja sempre capacitada para acolher nossos pacientes, porque são pessoas carentes, que chegam buscando seus direitos às vezes com sabedoria e aqueles que não conhecem seus direitos e muitas vezes chegam falando alto como quer o atendimento. E quando falamos todos  a mesma língua, a gente tem respaldo para atender o paciente e deixá-lo satisfeito diante do que ele procura na unidade”, relata Iraildes.

Quem também está passando pela capacitação é a enfermeira Silvane Félix. Ela conta que muitos profissionais têm dúvidas na hora do acolhimento.

Muitos profissionais têm dúvida sobre o que é acolhimento, muitas vezes eles confundem com triagem, especialmente quando a demanda não é agendada, como é comum nas unidades de saúde. Então é importante ter o conhecimento de como  a gente tem que tratar esse paciente, principalmente quando não temos condições de atender demandas específicas e precisamos encaminhar para outros serviços”, ressaltou Silvane.

Texto: Maria Lima – Ascom/SESAU/PMJ

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Favor desabilitar para acessar a publicidade institucional do site.