Prefeitura de Juazeiro adere a premiação do Ministério Público do Trabalho sobre combate ao trabalho infantil

Nesta sexta-feira (21), integrantes das Secretarias de Educação e Juventude (Seduc) e de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes) participaram de uma reunião virtual com a procuradora do Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) em Juazeiro, Vanessa Rodrigues, para apresentação do Prêmio MPT na Escola 2021 –  “A Escola no Combate ao Trabalho Infantil”.  A iniciativa do MPT foi aderida pela Prefeitura de Juazeiro, que irá trabalhar o tema de forma intersetorial entre as duas pastas.

Participaram da reunião virtual, a secretária de Educação, Normeide Almeida, o secretário de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Teobaldo Pedro de Jesus e integrantes das equipes técnicas das duas pastas parceiras. Serão realizadas ações com estudantes da Rede Municipal de ensino, sobre a temática do enfrentamento ao trabalho infantil, bem como, com a sociedade. Na ocasião, foram apresentados pontos do Edital da premiação pelo MPT, e o cronograma de ações planejado pelo município e que serão desenvolvidas nas escolas e sociedade até 12 de junho, Dia Mundial de combate ao trabalho infantil.

“Essa é uma temática importante e que precisa ser trabalhada em sala de aula. O trabalho infantil traz diversos prejuízos, inclusive, afeta o rendimento escolar das nossas crianças e adolescentes”, destacou a secretária de Educação, Normeide Almeida.

O secretário de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Teobaldo Pedro de Jesus, ressaltou a importância da iniciativa para o enfrentamento ao problema. “Combater o trabalho infantil é assegurar os direitos das nossas crianças e adolescentes. Conscientizar tanto a população, quanto os estudantes, é uma importante ferramenta para alcançarmos bons resultados”, finalizou.

O prêmio

O MPT na Escola 2021 – “A Escola no Combate ao Trabalho Infantil” é uma premiação desenvolvida pelo MPT e voltada para estudantes do 4º ao 7º ano.  Serão desenvolvidos os temas “trabalho infantil” e “profissionalização adolescente/aprendizagem profissional”, em quatro categorias: conto, poesia, música e desenho. As melhores produções concorrerão nas etapas municipal, estadual e nacional.

Texto: Brena Souza –  Ascom/Seduc/PMJ

Compartilhe essa publicação