Juazeiro/BA, 19 de setembro de 2020


Covid-19

Prefeito de Juazeiro pede colaboração de lideranças religiosas de Povos de Terreiros no enfrentamento da Covid-19

ASCOM em 08/jul/2020

Raphael Leal/Ascom

No fim da tarde desta terça-feira, 07, o prefeito Paulo Bomfim e equipe de governo se reuniram de modo virtual com os povos de terreiro para apresentar dados sobre a pandemia em Juazeiro. O gestor solicitou ajuda das lideranças religiosas para que as regras sanitárias sejam cumpridas, principalmente o isolamento social, para reduzir o número de casos confirmados e na sequência o número de doentes que precisam de atendimento hospitalar e leitos de UTI para se recuperarem.

Assim como tem sido com outros grupos sociais e religiosos, Paulo Bomfim voltou a afirmar que as decisões são tomadas com base em consultoria de especialistas e equipe de gestão que integram o Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, e que o isolamento social é o único tratamento reconhecido pela ciência para lidar com esta nova doença.

Ele destacou ainda que Juazeiro foi o primeiro município da Bahia a tomar medidas para proteger a população do contágio, como suspensão das aulas e fechamento do comércio, mas que tem atuado em diversas frentes, como atenção à área bancária, ao Mercado do Produtor, desinfecção de ruas, dentre outras. “Temos procurado dialogar com todos os segmentos sociais pedindo ajuda para fazer a conscientização das pessoas. Vamos apertar a fiscalização, mas ainda assim só vamos atingir a meta de reduzir os casos se cumprirmos as regras. Os povos de terreiros e os seus líderes podem nos ajudar a realizar este trabalho. Precisamos dar as mãos, pensar no próximo. Não podemos tomar os maus exemplos como referência, mas conscientizar quem vem errando”, declarou Paulo Bomfim.

A superintendente de Vigilância Epidemiológica, Tatiane Malta, apresentou dados e lembrou as ações realizadas pela secretaria da Saúde, como mudar o atendimento clínico da UPA para hospitais privados e torná-la referência para a COVID-19, além do programa Vigilância COVID, que ampliou o número de testagens com a população.

Os lideres religiosos reconheceram as ações e têm buscado fazer a orientação religiosa/espiritual de outros modos, não presenciais, mas pediram uma maior atenção para este público, que em sua maioria é da periferia. “A reunião com o Povo de Terreiro de Juazeiro foi extremamente positiva e propositiva. A comunidade candomblecista de pronto atendeu o convite do prefeito por compreender a necessidade de assumirmos o compromisso com a vida das pessoas de Nossa Juazeiro e principalmente com as vidas negras e periféricas”, destacou Iuana Louse, Mãe do Yákékerê do Ylê Àsé Omynkayode.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro