Prefeita Suzana assina ordem de serviço para trabalho social nos Residenciais Juazeiro I e II

A prefeita Suzana Ramos assinou, nesta sexta-feira (23), a ordem de serviço para a execução do Projeto de Trabalho Social nos Residenciais Juazeiro I e II. A iniciativa vai beneficiar 2.480 famílias com ações de fomento ao desenvolvimento socioeconômico das comunidades. As atividades serão executadas pela empresa VPL – Excelência em Projetos LTDA, vencedora do processo licitatório.

A solenidade, realizada no gabinete da prefeita, contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Teobaldo Pedro, da sua superintendente de Políticas Sociais, Bethânia Amorim, da diretora de Habitação, Quisa Benevides, da diretora da Mulher, Leandra Araújo, da diretora de Diversidade, Eva Suene, e dos representantes da VLP, Elcimar Souza Sodré e Igor Souza.

O projeto será realizado com recursos do Fundo de Arrendamento do Residencial (FAR), com investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhões, e terá duração de 12 meses. A prefeita Suzana Ramos ressaltou o seu compromisso em oferecer mais oportunidades para a população de Juazeiro. “Desde que me candidatei a essa cadeira, assumi o compromisso de contribuir para melhorar a qualidade de vida para a população, além de proporcionar mais oportunidades de capacitação e preparação para o mundo do trabalho. Agora, a nossa expectativa é que essas famílias se apropriem desse projeto que só vai beneficiá-las”, frisou a gestora.

Como funciona

A diretora de Habitação, Quisa Benevides, explicou como funciona o projeto de Trabalho Social . “O projeto prevê a realização de atividades socioeconômicas com as famílias moradoras dos residenciais, com foco na geração de emprego e renda, como a oferta de cursos profissionalizantes, a mobilização e organização comunitária, além de ações que contribuam para o fortalecimento de vínculos de convivência e atividades de lazer”. Após a assinatura, a empresa tem um prazo de 30 dias para iniciar a execução do projeto.

“Esse tipo de trabalho acontece, geralmente, logo após a entrega dos residenciais, mas no caso desse residencial, inaugurado em 2015, o trabalho social não foi realizado. É um projeto de pós-ocupação, que visa garantir a permanência das famílias no imóvel adquirido, fomentando o sentimento de pertencimento e zelo”, declarou a superintendente de Políticas Sociais, Bethânia Amorim. Todo o trabalho será acompanhado pela equipe da Diretoria de Habitação e todas as atividades acontecerão respeitando as normas e decretos sanitários vigentes.

Texto: Eneida Trindade – As

Share this post