Pela primeira vez, Juazeiro conquista cargo de diretor na Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento

Juazeiro alcançou mais uma posição de destaque nacional. O titular da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), Britoaldo Alves Bessa, foi eleito, por unanimidade, diretor da região Nordeste da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen) – cargo que ocupará durante o biênio 2021/2023.

Esta é a primeira vez que Juazeiro assume cargo de diretor na maior entidade nacional, que representa os principais entrepostos do Brasil. Antes, o único cargo que Juazeiro havia ocupado era de conselheiro fiscal.

Britoaldo Alves Bessa fará parte diretamente das decisões da Associação, no que diz respeito às 23 principais centrais do Brasil. Além de significar força de representatividade de Juazeiro no setor, também diz respeito a poder de decisão em uma área da economia que tem se mostrado muito sólida e relevante para o país, no tocante ao abastecimento de alimentos.

A escolha dos membros da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal aconteceu durante a Assembleia Geral Extraordinária da Abracen, no último dia 30 de março, por videoconferência.

Importância

Britoaldo Bessa destacou a importância de fazer parte dessa diretoria. “Fomos eleitos para ocupar uma das mais importantes diretorias, que é a da região Nordeste. Juazeiro tem muito a contribuir com esse setor, pois temos o 4º maior entreposto em comercialização do país. Estamos felizes em fazer parte de uma associação que fortalece todas as centrais de abastecimento do Brasil. Ressalto a importância da equipe que atua no Mercado do Produtor, que merece aplausos, pelo compromisso e dedicação no trabalho que realizamos aqui”, declarou.

A prefeita Suzana Ramos parabenizou o diretor e toda sua equipe. “Eu quero parabenizar Britoaldo e todos os colaboradores da AMA. Não nos surpreende, pois nossa equipe é altamente capacitada e dedicada aos juazeirenses. Isso só reforça a capacidade e competência de nosso corpo técnico e nos motiva a atuar com ainda mais qualidade e dedicação”, destacou a gestora.

Para o presidente da Associação dos Permissionários do Mercado do Produtor, Cristiano Coelho da Silva, essa notícia é muito importante para Juazeiro e região. “Ter uma pessoal capacitada, comprometida com visão macro, na Diretoria Nordeste da Abracen é só crescimento para nós permissionários”, frisou.

Abracen

A Associação Brasileira das Centrais de Abastecimentos trabalha para otimizar os serviços prestados pelas Centrais, divulgar e promover o mercado hortifrutigranjeiro e incentivar uma alimentação mais saudável por meio do consumo de frutas, legumes e verduras.

A entidade é filiada à União Mundial de Mercados Atacadistas (WUWM, na sigla em inglês) e à Federação Latino-americana de Mercados de Abastecimento (FLAMA).

Mercado do Produtor

O Mercado do Produtor de Juazeiro, administrado pela Autarquia Municipal de Abastecimento, é o 4ª maior entreposto em comercialização do país no ranking de comercialização de hortifrutigranjeiros do Brasil. O volume comercializado em 2020 foi de 1.208.205.000 (um bilhão, duzentos e oito milhões, duzentos e cinquenta mil) toneladas de frutas e verduras.

Em termos financeiros, o Mercado do Produtor de Juazeiro movimentou 2.892.357.900,00 (dois bilhões, oitocentos e noventa e dois milhões, trezentos e cinquenta e sete mil e novecentos reais) no ano passado.

Com esse montante, o Mercado do Produtor de Juazeiro fica atrás apenas do Ceagesp de São Paulo, do Ceasa do Rio de Janeiro e do Ceasa da Grande BH, em Minas Gerais. O entreposto de Juazeiro está na frente de Ceasas de grandes capitais, como Goiânia, Curitiba, Recife e Porto Alegre. As informações estão disponíveis no site da Conab (https://www.conab.gov.br/).

Texto: Welington Alves – Ascom/AMA/PMJ

Share this post