Nutricionista da Secretaria de Saúde de Juazeiro alerta para prevenção e combate à hipertensão arterial

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, celebrado em 26 de abril, a nutricionista responsável pela Gerência de Assistência Nutricional da Secretaria de Saúde de Juazeiro (SESAU), Beatriz Lopes, alerta para os principais fatores que podem provocar a doença, mas também que contribuem para a prevenção.

A gerente de Assistência Nutricional chama a atenção para a presença de sódio não apenas no sal de cozinha, mas em diversos alimentos industrializados. “As pessoas visam apenas no sal de mesa, mas o sódio que causa a hipertensão não está apenas nele, mas em alimentos doces industrializados, por exemplo, o teor de sódio é muito grande”, disse a nutricionista. Estes alimentos que podem contribuir para o aumento e a elevação da pressão arterial são os biscoitos recheados, refrigerantes, macarrão instantâneo, molhos prontos e temperos prontos. “O consumo exagerado desses alimentos acaba aumentando a pressão dentro das paredes dos vasos sanguíneos”, alertou Beatriz Lopes.

É considerado hipertensão arterial quando a pressão está em 140X90 mmHg, ou seja, o conhecido 14×9. Beatriz ainda explica o procedimento no Sistema Único de Saúde (SUS) quando a aferição da pressão chega a esse nível. “Quando a gente detecta a hipertensão a gente encaminha para o posto de saúde para fazer o mapa”, disse.

Fatores de risco

A hipertensão arterial tem como fatores de risco para o desenvolvimento da doença o sobrepeso e obesidade, histórico familiar, estresse, envelhecimento e estilo de vida não saudável. Uma pessoa hipertensa pode, em geral, apresentar sintomas como: tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça, alteração na visão e dor na nuca.

Prevenção

Apesar da hipertensão de ser uma doença também em que o histórico familiar contribui, existem hábitos que podem preveni-la como:

•           Manter o peso adequado;

•           Não abusar de sal ou alimentos industrializados;

•           Evitar alimentos gordurosos;

·         Leitura do rótulo dos alimentos

•           Praticar atividades físicas com regularidade;

•           Abandonar o cigarro, caso seja fumante;

•           Moderar o consumo de álcool;

•           Controlar o diabetes;

•           Aferir a pressão regularmente.

Texto: Amanda Franco – Ascom/Sesau/PMJ

Share this post