SAÚDE

Maternidade de Juazeiro melhora atendimento e prefeitura vai abrir três novos centros cirúrgicos na unidade

A Prefeitura de Juazeiro já promoveu melhorias no atendimento do Hospital Materno Infantil e está trabalhando também para ampliar a estrutura da unidade. Essas ações estão sendo executadas com o objetivo de proporcionar melhor conforto e qualidade nos atendimentos às gestantes, acompanhantes e funcionários.

Nesta quarta-feira (17), o secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa passou a manhã no Hospital Materno Infantil. Acompanhado da engenheira Jannine Miranda e da  arquiteta Iasmin Duarte – ambas da Secretaria de Obras –  Fernando está avaliando o que pode ser feito para melhorar a estrutura e ampliar o número de leitos. A primeira necessidade é de um gerador, e da conclusão do centro cirúrgico. A estrutura física está em fase de finalização. São três salas que serão abertas e irão agilizar as cesarianas, por exemplo.

“Já melhoramos muito em termos de organização, limpeza e fluxo, mas ainda temos muito a trabalhar por aqui.  A gente quer ativar os centros cirúrgicos para evitar espera nos partos. A maternidade é uma prioridade para a prefeita Suzana Ramos, porque estamos falando de vidas. Esse governo está muito preocupado com a atenção à mulher”, ressaltou Fernando Costa.

(Foto: Marcel Cordeiro/PMJ)

Novos Leitos

Toda a maternidade está passando por higienização e desinfecção da estrutura física e dos equipamentos. Algumas alas foram readequadas  e novos leitos que estavam desativados já estão funcionando.

“A gente reativou oito leitos e estamos reativando mais oito. Mesmo sem a conclusão da obra, nós estamos fazendo com recursos próprios e concluindo o centro cirúrgico, inclusive corrigindo irregularidades e no máximo em 15 dias a gente está reativando o centro cirúrgico”, explicou a diretora geral da maternidade, Graça Carvalho.

Hospital

O Hospital Materno Infantil de Juazeiro recebe mulheres do município e de cidades que fazem parte da rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia), num total de 54 municípios, para partos de baixa complexidade. Tem 54 leitos ativos e realiza 400 partos por mês.

Vitória Tereza Santos, de 22 anos, deu à luz ao primeiro filho, Michel, na Maternidade Municipal. “O atendimento foi perfeito. Eu estava elogiando a equipe médica, a triagem e a enfermaria dois onde eu fiquei. Foi muito bom,” elogiou Vitória.

(Foto: Ascom/PMJ)

Texto: Maria Lima – Ascom/Sesau/PMJ

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Favor desabilitar para acessar a publicidade institucional do site.