Juazeiro/BA, 20 de setembro de 2020


Covid-19

Hospital Materno Infantil de Juazeiro recebe equipe técnica do Estado da Bahia

ASCOM em 01/jul/2019

Débora Sousa/SESAU

A Secretária de Saúde de Juazeiro Fabíola Ribeiro recebeu, nesta quarta-feira (01) subsecretária de Saúde do Estado da Bahia, Tereza Paim, para uma visita técnica ao Hospital Materno Infantil de Juazeiro(HMIJ). O objetivo foi fazer o levantamento das necessidades da unidade hospitalar para melhoria na assistência à população.

Atualmente a unidade hospitalar realiza mais de 450 partos por mês e destes, 250 são  pacientes que não residem em Juazeiro. De acordo com Tereza Paim “o número de partos relativos à estrutura física é um bom quantitativo e mostra que os pacientes estão procurando essa unidade para ter seus filhos. É preciso avançar na qualidade de assistência, com melhor estrutura para que possamos prestar atendimento com mais segurança”, explicou.

Na opinião da subsecretária as equipes da unidade são motivadas e empenhadas na assistência aos pacientes e a visita técnica servirá para identificar pontos críticos e promover melhorias. “O Estado da Bahia trabalha com a rede PEBA e precisamos manter essa unidade como maternidade de risco habitual. Juazeiro tem boa estrutura e precisamos avançar nessas contratualizações. O HMIJ presta diversos serviços, tem Centro de Parto Normal e unidade infantil que gera custos e necessita de recursos. Precisamos fazer um balanço para identificar onde o Estado precisa avançar e investir no Hospital Materno Infantil de Juazeiro”, concluiu.

Após a visita técnica, a subsecretária Tereza Paim, acompanhada da Secretária da Saúde Fabíola Ribeiro, e da Superintendente da Atenção Especializada de Juazeiro Cilene Duarte, foi recebida pelo prefeito Paulo Bomfim, no Paço Municipal. Segundo o gestor municipal é um momento oportuno, já que o município aguarda mais recursos do Estado para o HMIJ. “Aguardamos ansiosos as melhorias na estrutura física da nossa unidade, tendo em vista que mesmo sendo um equipamento municipal que deveria atender somente aos nossos munícipes, acaba recebendo pacientes de mais de 53 municípios. Juazeiro acaba pagando sozinho a conta, por isso precisamos, sim, da contribuição do Estado, para continuar realizando os atendimentos no HMIJ e oferecer o melhor serviço a mães e crianças”, ressaltou.

Para a Secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro as necessidades são urgentes. “Mostramos para a subsecretária a nossa unidade hospitalar. Apresentamos todos os números de procedimentos e o que necessitamos para oferecer uma melhor assistência aos pacientes. Por ser uma cidade pólo, Juazeiro acaba sobrecarregada por atender aos seus munícipes e também aos que chegam à cidade em busca de atendimento”, finalizou.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro