Juazeiro/BA, 26 de novembro de 2020


Covid-19

Equipe do CREAS promove ação social de combate à exploração e abuso sexual de menores no Mercado do Produtor de Juazeiro

ASCOM em 25/maio/2017

Daniela Duarte/AMA

A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou na manhã desta quinta-feira (25), abordagem social em alusão ao dia 18 de maio, “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, no Mercado do Produtor de Juazeiro. A iniciativa é uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDIS) e a Autarquia Municipal de Abastecimento/AMA.

Na campanha de abordagem educativa foram distribuídos folders com orientações sobre a importância do tema, alertando a população sobre os canais de denúncia para a exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes.

De acordo com a educadora social Adzamara Amaral, a escolha do local foi estratégica devido à grande movimentação de pessoas. “O mercado tem um fluxo grande de pessoas e de caminhoneiros de todo o país, por isso viemos aqui para orientar essas pessoas sobre como reconhecer casos de abuso sexual de crianças e adolescentes e como denunciá-los. Estaremos durante todo o mês de maio fazendo essa campanha de conscientização”, informou.

Para o caminhoneiro Miguel Rufino que trabalha há mais de 30 anos com cenoura e beterraba no Mercado do Produtor, a iniciativa é extremamente válida. “Considero a medida necessária para que possamos conscientizar as pessoas sobre esse crime absurdo e, especificamente aqui no Ceasa, porque infelizmente ainda encontramos esse tipo de atitude criminosa e que precisa ser combatida por todos que trabalhamos aqui”, expôs o caminhoneiro que fez questão de expor no seu veículo o adesivo contra a exploração sexual.

Para o diretor executivo da AMA Mitonho Vargas, a campanha é de extrema importância. “É preciso conscientizar a população para que esses criminosos sejam denunciados. Estaremos sempre à disposição da equipe do CREAS e de qualquer outro órgão que nós procure. É dever cidadão combater esse crime”, externou Mitonho.

Como denunciar

Para denunciar casos de violência e exploração sexual de crianças e adolescentes, ligue para o número 190, ou o “disque 100”, que encaminhará a denúncia ao Conselho Tutelar mais próximo.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro