Juazeiro/BA, 26 de outubro de 2020


Covid-19

Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua é lembrado com missa na Catedral de Juazeiro

ASCOM em 20/ago/2019

Por Fabiana Diniz/SEDES

O Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua foi lembrado em Juazeiro nesta segunda-feira, 19, com uma missa celebrada pelo bispo Dom Beto na Catedral Santuário de Nossa Senhora das Grotas. A secretária Cida Gama, a equipe do Centro Pop Dom José Rodrigues, além dos usuários do órgão estiveram na celebração que contou ainda com a participação da Banda da Polícia Militar.

No dia 19 de agosto de 2004 sete pessoas em situação de rua foram assassinadas enquanto dormiam na região da Praça da Sé, em São Paulo. O caso teve repercussão internacional e desde então a data ficou marcada como o ‘Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua’ e tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a atenção que deve ser garantida a essa população.

“Temos vários equipamentos na Assistência e um deles é o Centro Pop que é voltado para a população em situação de rua e onde colocamos a melhor equipe para cuidar dessa parcela da população. Um momento como este é essencial para mostrarmos os serviços que temos disponíveis no município e, principalmente, para que todos percebam que de fato somos todos iguais e temos os mesmos direitos em qualquer lugar que formos”, afirmou a secretária Cida Gama.

Rafael Dias já viveu nas ruas da cidade e graças ao trabalho do Centro Pop conseguiu mudar de vida. Ele fez questão de comparecer à celebração junto com o irmão.”’Hoje já conseguimos alugar uma casa e vivemos do nosso trabalho como artesão. O Centro Pop foi fundamental nesse processo, principalmente, relacionado à documentação pessoal, e até hoje o órgão nos dá um suporte quando precisamos”, disse o jovem.

Durante a Homilia, o bispo de Juazeiro também destacou a importância do tratamento igualitário entre as pessoas. “Certa vez fui ao Centro Pop e perguntei para os usuários o que mais lhes doía na vida, imaginei ouvir que seria a falta de um lar ou de uma família, mas ouvi que era o olhar das pessoas. Então, ainda precisamos entender que quem deu valor para as pessoas foi Deus e todas têm dignidade. Nós somos chamados à luz da fé, da moral e da ética a reconhecermos o valor e a dignidade de todos. Aqui somos todos iguais e todas as pessoas são sempre bem vindas”, ressaltou Dom Beto.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro