Juazeiro/BA, 19 de setembro de 2020


Covid-19

Dia da Luta da Pessoa com Deficiência é lembrado no Cerpris de Juazeiro

ASCOM em 21/set/2017

Andréa Meireles/PMJ

O Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência é comemorado nesta quinta-feira (21). Para celebrar esta data, a equipe da Superintendência de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau), realizou uma intervenção social no Centro Regional de Prevenção, Reabilitação e Inclusão Social (Cerpris).

A ação com o tema ‘Sou especial, sou feliz’, contou com a participação da Secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro. Na ocasião, ela destacou a importância de políticas de inclusão para pessoas com deficiência. “Juazeiro tem avançado muito neste sentido, além desse serviço, temos escolas com salas de recurso, equipamentos públicos com acessibilidade, além do lançamento do Programa Transformar, lançado este ano pelo prefeito Paulo Bomfim e pela secretária Cida Gama, com o objetivo de reformar casas de pessoas com deficiência, com adequações de acessibilidade”, destaca.

Os artistas Antônio Ivo e Marcos Velasck fizeram a animação do evento com apresentação teatral e promoção de brincadeiras. Para Maione Rodrigues, mãe de Heloísa Nascimento que tem microcefalia, esse foi um momento muito especial. “Minha filha está sendo acompanhada aqui há dois meses. Estou gostando muito do acompanhamento e hoje foi um dia muito diferente da rotina daqui. Gostei muito”, comenta.

A diretora do Cerpris, Margarida Benevides, lembrou que na unidade são realizados tratamentos multiprofissionais com neuropediatra, fisiatra, enfermeiro, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, psicólogo, assistente social, fonoaudiólogo e técnico de enfermagem. “Nesse espaço não fazemos só o tratamento dos nossos pacientes, aqui criamos laços com eles e com as famílias. Por isso, é muito importante celebrar essa data e fazer este acolhimento diferenciado com eles”, acredita.

De acordo com a gerente de humanização da Superintendência de Gestão de Pessoas, Jussara Rêgo, este tipo de atividade qualifica ainda mais o serviço prestado. “Os pacientes ficam mais leves durante a sala de espera e se sentem lembrados e valorizados”, afirma.

Foi o que sentiu Elaine de Souza, mãe do Carlos Daniel, paciente com paralisia cerebral que é acompanhado no local há dois anos. “Não lembro de ter participado de outra atividade como essa aqui. Foi muito divertido, prendeu bastante a atenção do meu filho”, elogia

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro