Juazeiro/BA, 26 de setembro de 2020


Covid-19

Culminância do Julho das Pretas reúne representantes de várias religiões

ASCOM em 26/jul/2018

Por Fabiana Diniz/SEDES

Uma programação especial, realizada em um terreiro de candomblé no bairro Quidé, nesta quarta-feira (25) encerrou as atividades do ‘Julho das Pretas’ realizadas através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES). A data de encerramento foi escolhida por ser o Dia Internacional da Mulher Afro-Latino Americana e Afro-Caribenha. A atividade contou com a presença de autoridades, representantes de diversas religiões e comunidade local.

O objetivo principal das atividades desenvolvidas ao longo do mês foi fortalecer o movimento de mulheres negras no município debatendo o perfil, as problemáticas e prioridades da mulher negra. A culminância desta quarta foi realizada no Terreiro de Mãe Adelaide alvo de intolerância religiosa em dois episódios recentes. “Agradeço a todos por terem se deslocado até aqui para este momento que é de fortalecimento pela luta contra a intolerância religiosa”, afirmou Gleide dos Santos, representando o Terreiro e os povos de terreiro em geral.

O padre Josemar Mota, presente no evento, destacou a importância de haver o respeito entre as diversas religiões. “Entendemos que em cada ser humano habita o sagrado independente de religião e é uma alegria estar aqui, todos juntos no desejo de construir um mundo mais humano. Jamais podemos alimentar sentimentos ruins, pois acreditamos que a religião é para unir e não para dividir”, afirmou.

Foi o segundo ano que Juazeiro desenvolveu atividades voltadas ao calendário do ‘Julho das Pretas’. Para a secretária Cida Gama é essencial que existam momentos como este de união entre as religiões. “O prefeito Paulo Bomfim sempre tem nos apoiado e temos evoluído bastante. Estamos vivenciando hoje um momento ímpar, reunindo várias religiões, que certamente será lembrado historicamente”, disse.

Durante o evento, foi prestada uma homenagem à Mãe Adelaide por sua representatividade como mulher negra na luta do combate à intolerância religiosa. “Agradeço pela presença de todos e pelo carinho aqui demonstrado. É importante lembrar sempre que temos o mesmo Deus, independente de religião”, afirmou a religiosa.

Os participantes do evento puderam ainda acompanhar durante o evento a palestra da assessora técnica da Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres (SPM), Uiara Lopes que abordou o tema do enfrentamento à violência, desafios da mulher do candomblé e intolerância religiosa.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro