Juazeiro/BA, 18 de setembro de 2020


Covid-19

CIAM Juazeiro oferece atendimento psicológico virtual a mulheres em situação de violência

ASCOM em 22/jun/2020

Mayane Santos – Ascom PMJ

Com o intuito de atender mulheres vítimas de violência durante o período de pandemia, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) da Prefeitura de Juazeiro, através do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM), manteve desde maio os atendimentos psicológicos adaptados ao ambiente virtual a esse público. O serviço é disponibilizado a pessoas já acompanhadas pelo CIAM, mas pode ser solicitado através de contato com a instituição.

As consultas acontecem por meio de vídeo-chamada ou ligações telefônicas e funcionam como uma adaptação ao acompanhamento psicológico presencial que já era realizado no CIAM. As mulheres que necessitam desse serviço passam por avaliação dos profissionais da instituição, como psicólogas e assistentes sociais. Em seguida, a partir da disponibilidade da mulher vítima de violência, as consultas são iniciadas e realizadas semanalmente.

“É feito um acordo verbal de disponibilidade e assiduidade, onde nós seguimos um protocolo de buscar ambiente tranquilo, onde a mesma não seja interrompida e onde possa falar sem ser ouvida por outras pessoas. Esse atendimento é realizado em total sigilo”, explica a psicóloga Thais Santana. A opção de plataforma de encontro virtual também é feita pela mulher atendida.

A diretora de mulheres de Juazeiro, Maria Quitéria, explica que a assistência psicológica a esse público tem sido uma ferramenta essencial diante dos efeitos sociais causadas pela pandemia do novo coronavírus. “Sabemos que o número de violência aumentou pelo fato de muitas estarem em casa com seus prováveis agressores. Portanto, a permanência desse serviço é importante e ajuda a amenizar o sofrimento que elas estão vivenciando”, explica Quitéria. 

Neste período de pandemia, embora com atividades presenciais suspensas, o CIAM continua funcionando em regime de plantão. Mulheres em situação de violência, que necessitem de assistência psicológica ou jurídica, podem entrar em contato através do telefone (74) 3614-2028. “Sabemos que muitas mulheres têm medo de denunciar seus agressores. Portanto, para receber o atendimento do Ciam, não é necessário prestar queixa”, ressalta Maria Quitéria.

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro