Categoria: CIDADE, GOVERNO

Pela primeira vez na história Juazeiro entre as cidades que mais empregam no Brasil

11/fev/2017 - SUPORTE

Lene Radina/ASCOM PMJ

A cidade de Juazeiro, localizada no Norte da Bahia, ficou entre os 10 munic√≠pios brasileiros que mais abriu vagas de emprego com carteira assinada em 2016, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Minist√©rio do Trabalho. Durante todo ano foram gerados 1.959 vagas de trabalho com carteira assinada. A cidade s√≥ fica atr√°s de Tr√™s Lagoas (MS), com 3.569 admiss√Ķes, e¬† Campo Redondo (RN), com 1.190 contrata√ß√Ķes.

De acordo com o prefeito Paulo Bomfim, esta not√≠cia √© a consolida√ß√£o de um projeto pol√≠tico que tem transformado a cidade nos √ļltimos anos. “O nosso ex-prefeito Isaac Carvalho criou uma secretaria para fomentar o desenvolvimento, e com isso a implanta√ß√£o da pol√≠tica de atra√ß√£o de investimentos, p√ļblicos e privados. E a nossa ideia √© manter esse objetivo de melhorar a cada dia a nossa cidade e as pessoas que aqui moram.”, declarou o prefeito.

O ex-gestor comemorou o que considera um bom caminho para o desenvolvimento social e humano. “N√≥s atra√≠mos investimentos tanto na esfera p√ļblica quanto na privada, al√©m dos concursos p√ļblicos que realizamos. Isso tudo associado a nossa for√ßa na agricultura fez como que n√≥s consegu√≠ssemos chegar a esse resultado. N√£o tenho d√ļvida de que o prefeito Paulo Bomfim vai seguir e at√© mesmo fazer melhor para que a gente continue a nos orgulhar da nossa Juazeiro”, disse Isaac Carvalho.

Segundo a Secret√°ria de Desenvolvimento Econ√īmico, Agricultura e Pecu√°ria do munic√≠pio, Maraiza Carvalho, os n√ļmeros positivos tamb√©m est√£o relacionados a diversifica√ß√£o da matriz econ√īmica local, que √© predominantemente relacionada ao setor de servi√ßos (60% do PIB). Nos √ļltimos dois anos, o n√ļmero de empresas no Distrito Industrial do munic√≠pio passou de 38 para 76. Al√©m disso, outras 15 est√£o em constru√ß√£o e 55 com pedidos de √°rea em an√°lise.¬†No local, est√£o ind√ļstrias de constru√ß√£o e√≥lica, de produ√ß√£o de luvas e ra√ß√Ķes, por exemplo.

A atividade industrial na regi√£o tem forte liga√ß√£o com o agroneg√≥cio. Maraiza destaca que no primeiro semestre de 2016 foi inaugurado um shopping em Juazeiro que gerou mais de dois mil empregos diretos. ‚ÄúEssa dinamiza√ß√£o da matriz econ√īmica √© respons√°vel pelo avan√ßo local‚ÄĚ, afirma. ¬†Al√©m do Ju√° Garden Shopping, foram instalados empreendimentos que contribu√≠ram para atual posi√ß√£o do munic√≠pio na gera√ß√£o de emprego, a exemplo da Bari Autom√≥veis, Lojas Americanas, Assa√≠, G Barbosa, Mercantil Rodrigues, Compari, Casas Bahia, dentre outros.

Em Juazeiro, os setores que mais contrataram foram: Ind√ļstria de Transforma√ß√£o(489); Servi√ßos(246), Administra√ß√£o P√ļblica(816); e Agropecu√°ria(336).

Caged

Dos 5.562 munic√≠pios brasileiros, 55% deles (ou 3.107) fecharam postos de trabalho em 2016. Os dados divulgados na sexta-feira (20) apontam que o pa√≠s perdeu 1,32 milh√£o de vagas no per√≠odo. J√° 41,2% dos munic√≠pios ‚Äď o equivalente a 2.297 ‚Äď desta lista abriram vagas de emprego com carteira assinada, ao passo que o restante ‚Äď 4,5% das cidades, ou 255 delas ‚Äď n√£o tiveram varia√ß√£o no n√ļmero de postos de trabalho.

O Rio de Janeiro (RJ) foi a cidade que mais demitiu trabalhadores, com uma redução de 138,1 mil vagas. Em seguida, a capital paulista fechou 133,5 mil empregos no ano passado, segundo o levantamento do Caged. As cidades mais bem posicionadas da lista são capitais.

Na outra ponta, o município brasileiro que mais gerou vagas de trabalho foi Três Lagoas (MG), com a criação de 3,5 mil postos, seguido de Campo Redondo (RN), que acrescentou 1,9 mil vagas em seu quadro de trabalhadores.

Veja as 10 cidades que mais demitiram:
Rio de Janeiro (RJ): -138.168
S√£o Paulo (SP): -133.500
Belo Horizonte (BH): -41.069
Brasília (DF): -28.843
Recife (PE): –26.233
Salvador (BA): -25.000

Curitiba (PR): -20.962
Fortaleza: -17.292
Manaus (AM): -17.292
Porto Alegre (RS): -16.300

Veja as 10 cidades que mais contrataram:
Três Lagoas (MS): 3.569
Campo Redondo (RN): 1.990
Juazeiro (BA): 1.956
Nova Serrana (MG): 1.904
Cristalina (GO): 1.528
Goiana (PE): 1.372
Capanema (PR): 1.353
Curionópolis (PA): 1.219

Cruz Alta (RS): 1.085
Santo Estev√£o (BA): 1.002