Juazeiro/BA, 23 de setembro de 2020


Covid-19

Casos confirmados de dengue reduzem em Juazeiro, mas Sesau alerta para prevenção durante período chuvoso

ASCOM em 23/nov/2017

Andréa Meireles/ PMJ

No ano de 2017, os casos de incidência das arboviroses reduziram consideravelmente no município de Juazeiro. Até novembro deste ano, foram confirmados 15 casos de dengue, cinco de chikungunya e nenhum de zika, enquanto no ano passado o número de casos confirmados foi de 247, 148 e 3, respectivamente. Entretanto, com o período chuvoso se aproximando, a Secretaria da Saúde do município alerta a população para evitar a proliferação do Aedes aegipty. O mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya se reproduz em paredes de criadouros onde há acúmulo de água limpa e parada.

No município, as chuvas são mais intensas nos meses de dezembro a fevereiro, com pico máximo em fevereiro. A secretária da Saúde, Fabíola Ribeiro, orienta que, desde já, a população elimine os possíveis criadouros existentes em suas residências e locais de trabalho. “O ovo do mosquito pode sobreviver por aproximadamente um ano em locais secos. Com a umidade, o mosquito leva de 10 a 12 dias para chegar à fase adulta. Por isso, é muito importante que todos tirem cinco minutos do dia para identificar se há ambientes propícios para a reprodução desse mosquito”, informa.

Segundo a secretária, é preciso ficar atento a pneus velhos, vasilhames, pratos de plantas e quaisquer outros objetos que estejam armazenados em locais descobertos, e que possam provocar acúmulo de água. “Outras medidas eficazes são a de lavar os potes de água dos animais domésticos com escovas, guardar garrafas vazias de cabeça para baixo, além de manter as caixas d’àgua sempre fechadas e as calhas sempre desobstruídas”, aconselha.

Durante o ano de 2017, a Prefeitura de Juazeiro realizou um cronograma regular de ações de combate ao Aedes aegipty, como a passagem do carro fumacê por 105 locais; o tratamento de 21 canais e outras localidades com quase duas toneladas de cal; a realização do trabalho perifocal em 152 lugares; além da visita porta a porta dos agentes de combate às endemias em 243.162 imóveis do município, onde foram encontrados 1.243 focos do mosquito.

A Secretaria de Saúde também pode ser acionada pela população sempre que for detectada uma situação de risco, através dos números: (74) 3611-2928 e (74) 99198-3057.  O contato pode ser feito por ligação ou via mensagem pelo aplicativo Whats App.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro