Juazeiro/BA, 25 de setembro de 2020


Covid-19

Campanha Janeiro Roxo alerta para o combate à hanseníase no município

ASCOM em 24/jan/2018

Daniela Duarte/SESAU

A Campanha Janeiro Roxo tem o objetivo de combater à hanseníase, doença infecciosa causada por uma bactéria que lesiona os nervos periféricos  e diminui a sensibilidade da pele, antigamente chamada de lepra.  Em Juazeiro, na manhã desta quarta-feira (24)  diversas unidades de saúde realizaram ações para orientar a população sobre a doença, quais os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o exame para a doença.

“A doença tem cura. Mas se não for devidamente tratada pode causar incapacidades físicas”, alerta Paula Telles, Coordenadora da Vigilância em Saúde de Juazeiro.  Ela orienta ainda que  as pessoas procurem uma  unidade de saúde assim que perceberem o aparecimento de manchas, em qualquer parte do corpo, principalmente se a área apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque.

Na UBS do bairro Argemiro, a campanha contou com o Núcleo de Educação em Promoção a Saúde (NEPS) que de forma dinâmica abordou a importância do diagnóstico da doença. A dona de casa Maria de Lourdes foi à unidade do bairro para uma consulta com o médico, aproveitou a oportunidade e fez o exame para saber se possui alguma mancha indicativa da doença. “Foi muito boa a palestra sobre a doença. Eu não tinha muito conhecimento e agora irei observar as manchas que aparecerem em meu corpo. Graças a Deus não tive mancha”, disse a dona de casa

A Coordenadora da Vigilância em Saúde de Juazeiro, Paula Telles reforçou que todo tratamento da doença é feito pela rede SUS. “A campanha tem o objetivo de reforçar o compromisso de controlar a doença, além de promover o diagnóstico e o tratamento correto. Nossa rede está preparada para atender os casos de hanseníases do município. Em 2016 tivemos 146 casos – número considerado pequeno, mas esse trabalho de conscientização é importante”, explicou Paula.

Moradora do bairro Novo Encontro, Luzia Souza também gostou da palestra realizada pela equipe da unidade na sala de espera do posto. “Aprendi muito nesta manhã sobre a doença e o mais importante é que tem cura e só basta ter mais atenção as manchas do nosso corpo. A Secretaria de Saúde está de parabéns pela campanha”, disse  a usuária.

As orientações sobre a doença foram repassadas pelo enfermeiro Jocinaldo de Souza, no bairro Argemiro. “O saldo da ação foi muito positivo. Os usuários tiraram dúvidas a respeito dos sintomas, formas de transmissão e o tratamento, que é gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde”, contou o enfermeiro.

O saldo da ação foi muito positivo. Os usuários tiraram dúvidas a respeito dos sintomas, formas de transmissão e o tratamento, que é gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde

Sobre a doença

A hanseníase é uma doença que atinge principalmente a pele e os nervos, podendo afetar a face, os braços, as pernas, as mãos e os pés. Se não for tratada, ela pode causar incapacidades ou deformidades nas mãos, nos pés, no nariz, nas orelhas ou nos olhos.

Os principais sintomas são manchas esbranquiçadas ou avermelhadas espalhadas pelo corpo, manchas dormentes (com diminuição da sensibilidade), dormência nos pés, caroços ou inchaço nas partes mais frias do corpo, como orelhas, mãos e cotovelos.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro