Juazeiro/BA, 30 de outubro de 2020


Covid-19

‘Baleia Azul’ e suicídio: secretarias de Juazeiro planejam ações preventivas sobre os temas

ASCOM em 24/abr/2017

Por Emanuelle Lustosa/SEDUC

Representantes das secretarias de Educação e Juventude, Saúde e Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade de Juazeiro, se reuniram nesta segunda-feira (24), no prédio da SEDUC, para planejar ações de prevenção, proteção e orientação a adolescentes, pais, professores e profissionais, em razão da suspeita de suicídio de uma jovem de 14 anos, estimulada pelo jogo virtual Baleia Azul, ocorrido na semana passada, no município.

De acordo com a superintendente de Gestão da SEDUC, Renata Araújo, neste primeiro momento as ações serão voltadas para orientar e preparar os profissionais que trabalham diretamente com crianças e adolescentes. “Estamos em estado de alerta, após os acontecimentos da semana passada, buscando soluções para evitar que este jogo e seus efeitos cheguem a outros alunos e jovens do município. Traçamos um plano de ação, primeiramente para orientar a conduta dos profissionais frente a este tipo de situação, e em seguida vamos orientar as famílias. A situação é delicada e os pais e professores devem ficar atentos a mudanças de comportamentos das crianças e adolescentes”, ressaltou a superintendente.

Segundo a psicóloga e superintendente da SESAU, Lorena Pesqueira, os casos ocorridos em diversas cidades do país, não apenas em Juazeiro, despertaram a atenção das três secretarias municipais, e por meio de um trabalho integrado, o assunto será levado para a sociedade. “É um assunto que nos desperta atenção e muito cuidado, e por isso precisamos unir forças frente a este grave problema, que é a automutilação e suicídio de jovens, precisamos romper o silêncio sobre este assunto. A rede de Saúde está à disposição para dar suporte aos casos que forem registrados, tanto com assistência clínica quanto psicológica”, destacou.

Na primeira ação prevista pelo grupo, os profissionais das três secretarias irão participar, na próxima quarta-feira (26), da webpalestra, promovida pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), sobre os “Aspectos técnicos e éticos na abordagem do paciente em risco de suicídio”, com a psicóloga do Núcleo de Estudo de Prevenção do Suicídio, Soraya Carvalho. A especialista vai desconstruir mitos e alertar para os sinais e sintomas da formação da ideia suicida. O evento acontecerá às 14h30 e os interessados podem assistir e interagir através do link www.telessaude.ba.gov.br/participe.

Um dado preocupante é que o índice de suicídio na adolescência está crescendo no Brasil, e segundo as psicólogas presentes na reunião, é fundamental abordar o assunto sem preconceitos, pois, as famílias precisam acompanhar com mais sensibilidade à vida dos filhos. “No Brasil as estatísticas estão preocupando todos os profissionais e uma das grandes dificuldades é a nossa insensibilidade de chegar junto aos nossos adolescentes. Como está o diálogo nas famílias? Como estão sendo abordados esses conflitos que já vem naturalmente na adolescência?” questionou a psicóloga, Candice Aquino.

“O nosso principal objetivo será a prevenção. Os profissionais serão multiplicadores das informações repassadas nas palestras e encontros que vamos realizar. É essencial que às famílias monitorem o uso da internet dos filhos, acompanhem suas redes sociais, observem comportamentos estranhos e, sobretudo, conversem e conscientizem a respeito das consequências de práticas perigosas. A informação e a prevenção devem ser a principal ferramenta para trabalhar com os nossos adolescentes”, finalizou a secretária de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Cida Gama.

 

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro