Autarquia Municipal de Abastecimento implementa mudanças na segurança e no trânsito dentro do Mercado do Produtor

Preocupado com a segurança no Mercado do Produtor de Juazeiro, o presidente da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), Britoaldo Alves Bessa, reuniu-se, nesta quarta-feira (3), com a Polícia Militar, com a Guarda Municipal e com representantes da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) para discutir melhorias tanto no trânsito quanto na segurança do maior entreposto de frutas do Norte e Nordeste.

A intenção é transformar o local em um ambiente onde todos possam trabalhar com tranquilidade e com uma maior mobilidade, facilitando o tráfego de transeuntes e veículos na área.

Por dia, circulam, no Mercado do Produtor de Juazeiro, em torno de 450 veículos. Somente caminhões de 15 toneladas são, em média, 250. Além disso, mais de 5 mil pessoas passam todos os dias pelo  entreposto comercial.

O major Roberto Sampaio, comandante da 75ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), elogiou a iniciativa do diretor da AMA, pela preocupação com a área e se comprometeu em voltar com as rondas no mercado, acompanhando, de perto, a vigilância feita pelas câmaras instaladas no local.

Também participaram da reunião Frank Chaves, superintendente financeiro da AMA, Sidério Alves, diretor operacional, Domingos Alves, superintendente operacional, o presidente da Associação dos Permissionários do Mercado do Produtor, Cristiano Coelho, além do vereador Aníbal Araújo (PTC).

(Foto: Ascom/AMA/PMJ)

Mudanças

Entre as novas mudanças a serem implementadas está o controle de entrada dos carrinheiros. A partir do próximo dia 15, só será permitido o acesso destes profissionais ao local devidamente padronizados, e eles irão trabalhar em dias alternados, conforme o final de suas placas. Essa medida foi adotada em acordo com a Associação dos Carrinheiros Carregadores e Ambulantes do Mercado do Produtor (ACCAMP).

Outra medida tomada pela direção da AMA é a proibição de venda de bebidas alcoólicas no interior do Mercado do Produtor por parte dos permissionários. A comercialização fica expressamente proibida a partir do dia 10 de março. A decisão é baseada no regimento interno, que proíbe, “comercializar, consumir ou fazer uso de bebida alcoólica nas imediações do Mercado do Produtor”.

Apoio

O diretor Britoaldo Alves Bessa afirmou que espera contar com o apoio e a compreensão de todos  e que “as medidas visam à segurança e a melhorias nas atividades do Mercado do Produtor de Juazeiro e que o governo da prefeita Suzana Ramos está empenhado em melhorar a segurança e a mobilidade do juazeirense”. 

Para o inspetor-chefe da Guarda Civil Municipal (GCM), Gilson Santos, ações conjuntas como essa só vêm a beneficiar o cidadão que utiliza o Mercado do Produtor e as vias próximas ao centro de abastecimento, que é o quarto maior do país.

“Estamos iniciando essa parceria para coibir a violência, o tráfico de drogas, de armas, além de pequenos furtos e roubos, melhorando a segurança do comerciante e de quem frequenta o entreposto”, comentou Gilson.

A CSTT também ficará responsável por melhorar a sinalização dentro do Mercado do Produtor, como também realizar ações educativas de trânsito e fiscalizações, junto com a Polícia Militar da Bahia (PMBA) e a AMA.

Texto: Welington Alves – Ascom/AMA/PMJ

Compartilhe essa publicação