SAÚDE

Acompanhantes de pacientes que fazem tratamento pelo TFD de Juazeiro elogiam serviço

Juazeiro tem mais de 2 mil pacientes cadastrados no Tratamento Fora do Domicílio (TFD) que são atendidos em hospitais de Salvador. O serviço oferecido pela Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde, é elogiado por quem o conhece bem e já participa do programa junto a algum paciente.

Angélica da Silva Alencar acompanha o esposo nas viagens frequentes a Salvador pelo TFD de Juazeiro. Ela conhece bem tanto o transporte quanto a estadia na Casa de Apoio, oferecidos pelo programa. “Muito bom o serviço. Nós ficamos lá na Casa de Apoio. A gente não teria condições de ir se não fosse pelo TFD. O atendimento é bom, a comida também, não tenho o que reclamar”, disse dona Angélica, que já agendou a próxima viagem para o esposo fazer uma cirurgia do fêmur.

Cleonice Frazão vai à capital baiana acompanhando um amigo que precisa fazer um procedimento no olho. “Gosto muito de ir pelo TFD. Me sinto bem quando chego à Casa de Apoio. As meninas são ótimas, tratam a gente muito bem. O tratamento é Vip”, disse.

O Tratamento Fora do Domicílio é oferecido aos moradores de Juazeiro que precisam fazer tratamento que ainda não é oferecido no município. Atualmente 40 pessoas estão cadastradas em ambulâncias sociais no município, segundo a gerente do TFD de Juazeiro, Ana Laura Campelo. De janeiro até o momento, a ambulância já foi cerca de 80 vezes em Salvador com pacientes do município, sem contar com as regulações feitas pelos hospitais locais.

Como fazer parte do TFD

Para fazer parte do programa TFD de Juazeiro, o paciente precisa ir à Secretaria de Saúde, que fica localizada na Avenida Adolfo Viana (Shopping Águas Center), munido de laudo médico solicitando o tratamento pelo TFD, comprovante de residência, RG, CPF, cartão SUS e dar entrada na documentação. “Fora a locação dos ônibus e das ambulâncias, a gente já fez contratação com a linha de transporte ROTA, onde disponibilizamos as passagens para o pessoal que precisa fazer a viagem”, explicou Ana Laura.

Texto Amanda Franco- Ascom/SESAU/PMJ

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Favor desabilitar para acessar a publicidade institucional do site.