Juazeiro/BA, 21 de outubro de 2020


Covid-19

1º noite do Festival Edésio Santos da Canção conta com prestígio de público e emoção de participantes

ASCOM em 30/nov/2018

Por Ramáiana Leal/ SECULTE

A 21ª edição do Festival Edésio Santos da Canção teve início na noite desta quinta-feira (29), no Centro de Cultura João Gilberto e contou com grande participação do público, além da emoção dos participantes. O FESC é uma realização da Prefeitura Municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes e segue até o próximo sábado, 1º de dezembro. Esse ano o festival homenageia 60 anos da Bossa Nova.

Às 20h as portas do Teatro de Arena do CCJG estavam abertas e o público começava a chegar. Eram as torcidas das 12 canções concorrentes da primeira noite do festival, além de outras pessoas que foram assistir porque têm admiração por música. A jornalista Andrea Santos, compareceu ao evento e acredita que a maioria das músicas é de qualidade e representatividade da arte musical. “Estou torcendo para a música de Joyce Guirra, Mirielle e Moésio. Joyce interpretou muito bem, Moésio trouxe letra e melodia belíssimos e Mirielle é uma novidade boa para mim”, disse.

A cantora Fabiana Santiago interpretou a música ‘Até o Rio Chegar à Foz’ de Martin César e Zebeto Correa e ficou emocionada. Fabiana participa do Festival desde 2006. “Toda vez que os pisos os pés no palco do Edésio Santos, sou tomada por uma emoção única. A música sempre mexe comigo de uma forma diferente e nessa noite foi assim. Foi emocionante ver o público completamente envolvido na canção”, ressalta Fabiana.

O diretor do Centro de Cultura João Gilberto Márcio Fabiano, fez questão de parabenizar a organização do FESC pela realização do mesmo. “Fico muito feliz quando vejo essa arena lotada, com toda a arquibancada ocupada pelas pessoas, em um evento como esse. O Festival Edésio Santos é importante para a cultura musical de nossa cidade e acaba atraindo muita gente da região e de outros Estados para participar. Faço questão de parabenizar a SECULTE pela realização, por continuarem incentivando a arte”, afirma Márcio.

Após a apresentação das canções concorrentes, o público foi animado pela Banda Império Afro que comemorava 25 anos de carreira e fez homenagem ao Novembro Negro. “Nesta sexta (30), acontece a segunda noite da semifinal do Festival, com mais 12 canções a se apresentarem. Logo após, teremos um show de Camilla Yasmine cantando samba. Convidamos a comunidade juazeirense para continuar conosco, apreciando a Música Popular Brasileira.”, disse o Superintendente de Cultura, Maurício Dias.

 

Logo-Juazeiro-BA

Copyrigth © 2020 Prefeitura Municipal de Juazeiro